by Infogr.am
Crie infográficos

Visualização na Campus Party Brasil 2015

O principal evento de tecnologia do país dando cada vez maior destaque à visualização de dados

janeiro 20, 2015

Se existe forma de mensurar o crescimento das áreas de conhecimento que fazem uso da visualização nos últimos anos, é a presença do tema nos principais eventos ligados á ciência, educação e, claro, tecnologia. E evento de tecnologia no Brasil é sinônimo de Campus Party.

A edição de 2015 vai decorrer já entre 03 a 08 de fevereiro, em São Paulo, e dentre as novidades da programação estão algumas que irão com certeza gradar à nossa comunidade. E pelo que ficamos sabendo, esta é apenas o primeiro passo para que a visualização de dados assuma um destaque cada vez maior no evento. Esperamos que isso aconteça, e confira abaixo, na integra, o press-release que nos foi enviado pelo nosso amigo Rodrigo Medeiros:

Recife, 19 de janeiro de 2015 – A Campus Party Brasil (www.campus-party.org/brasil), maior evento de internet, tecnologia, inovação, criatividade, cultura digital e empreendedorismo do mundo, contará com 600 horas de atividades entre palestras, oficinas, workshops e atividades especiais para os campuseiros, além da área Open Campus, que trará diversas atrações gratuitas para o público.em sua oitava edição, que acontece entre os dias 03 e 08 de fevereiro, no São Paulo Expo (Imigrantes).

Uma novidade desta edição é a curadoria específica sobre visualização de informação no Palco Vênus comandada pelo designer pernambucano Rodrigo Medeiros que desde 2012 estava com a curadoria de robótica e este ano retoma ao seu tema de pesquisa e de formação acadêmica e assume essa curadoria em Visualização de Informação. Medeiros fala como fazer para a área crescer no Brasil: “Acredito que temos muito o que avançar na área no Brasil, estamos vendo muitos pesquisadores indo para fora do país para se dedicarem a produção de conhecimento em visualização. O mercado brasileiro de infografia já é muito respeitado mundo a fora, agora é hora de olharmos mais a frente e pensar como faremos isso em visualização de informação que é ainda mais multidisciplinar e envolve vários segmentos do conhecimento como a ciência da computação, design, estatística, ciência da informação, cartografia e etc.”

Serão quatro atividades de visualização de informação durante o evento. Na primeira atividade com o título “Visualização de informações em interfaces cartográficas e físicas: Quais os avanços da área por pesquisadores brasileiros?” Rodrigo Medeiros e a designer Julia Giannella irão abordar projetos que partem do conceito de visualização de dados mas utilizam abordagens em grande expansão como, por exemplo, visualizações físicas que utilizam a tangibilidade para demonstrar as informações e as interfaces cartográficas que são construídas em processos colaborativos (crowdmapping). Na segunda palestra o Mauro Pinheiro, PhD em Design e Professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, irá discutir um outro viés para visualização de dados, os sistemas de informação ambiente – sistemas que apresentam continuamente informações que podem ser monitoradas pelas pessoas sem exigir o foco de sua atenção. Quando integrados ao ambiente urbano, os sistemas de informação ambiente possibilitam a leitura da cidade simultaneamente com sua fruição, sem interrupção das atividades cotidianas.

Na terceira atividade o designer Flávio Pessoa irá comandar a palestra intitulada “O que fazer quando você não sabe o que fazer com dataviz” e tentará olhar com outros olhos aquilo que chamamos normalmente de Data Visualization e Infografia. Por que esses nomes, e por que eles são tão importantes e imponentes à primeira vista? Será que todo mundo pode fazer isso? O que é preciso? E será que é isto que eu (e vocês) querem fazer? Flávio fará uma análise mais sobre motivações e ver um quadro mais geral sobre se comunicar e informar com e para o mundo. Para fechar o evento com mais um ótimo conteúdo os Professores Doris Kosminsky e Cladio Esperança da Universidade Federal do Rio de Janeiro, tentarão delinear os papéis complementares do Design e da Computação Gráfica na construção de visualizações de dados. Eles vão mostrar como as habilidades tanto de designers como de programadores devem ser combinadas para a obtenção de visualizações efetivas e esteticamente bem planejadas e vão contar um pouco da história de parceria e adaptação dos regimes de trabalho para a realização de projetos de visualização de dados no âmbito da Universidade.

Imagem: Dandara Dantas, mestra em artes visuais da UFRJ, se dedicou a experimentar uma poética de tradução de partituras musicais em novas configurações imagéticas.
Imagem: Dandara Dantas, mestra em artes visuais da UFRJ, se dedicou a experimentar uma poética de tradução de partituras musicais em novas configurações imagéticas.

Sobre Rodrigo Medeiros

Rodrigo Medeiros é designer de interação e trabalha em projetos interativos e pesquisas com usuários para novas mídias, sistemas e experiências. Doutorando em Ciência da Computação pela UFPE, co-fundador do Espaço Nabuco e BRU! Studio Maker e professor do Curso Superior em Tecnologia em Design Gráfico do IFPB.
Nos últimos anos tem atuado como pesquisador no grupo de pesquisa MusTIC (UFPE/UFRPE) e no projeto Inovação e Sustentabilidade na Gestão de Resíduos: Perspectivas da Aplicação da Política Nacional de Resíduos Sólidos na Região Metropolitana do Recife coordenado pela Fundação Joaquim Nabuco com cooperação internacional do Massachusetts Institute of Technology (MIT) financiado pela FACEPE.

Sobre a Campus Party

O evento que promete mais uma vez movimentar o cenário da tecnologia, cultura digital e empreendedorismo existe desde 1997. Surgiu na Espanha e encontrou um público tão entusiasmado que cresceu e se internacionalizou. As edições em outros países tiveram início em 2008. Desde então, Brasil, Inglaterra, Alemanha, Colômbia, México, Equador e El Salvador já tiveram suas edições. Em janeiro deste ano, a Campus Party Brasil, em São Paulo, chegou a seu sétimo ano, com um público total de mais de 100 mil pessoas. Na capital pernambucana, a terceira edição da Campus Party Recife, em julho, também atraiu imenso público.

 

Acompanhe todas as novidades da Campus Party no site e blog oficial, e conecte-se com a comunidade de campuseiros no Flickr, Twitter, YouTube e Facebook. E se quiser compartilhar com a gente as suas impressões sobre o evento, é só nos contatar seguindo as instruções que publicamos aqui.

Escrito por Tiago Veloso

Tiago Veloso is the founder and editor of Visualoop and Visualoop Brasil . He is Portuguese, currently based in Bonito, Brazil.

Siga:

Deixe uma resposta