by Infogram
Crie infográficos

Jaime Serra

Entrevista exclusiva com um dos mais conceituados infografistas do mundo

novembro 19, 2012
(photo: Jaime Serra)

Há algumas semanas atrás, falamos da nossa visita ao INFOLIDE, o principal evento de infografia e design editorial do Brasil, e da intervenção de um dos seus principais palestrantes, o espanhol Jaime Serra. Nessa ocasião, Serra mostrou parte do trabalho que vem desenvolvendo  na sua coluna de opinião aos domingos no jornal La Vanguardia.

O trabalho jornalístico de Serra foi reconhecido no Malofiej20, onde se juntou a um seleto grupo de profissionais que marcaram a atividade nos últimos 20 anos. Ao lado de nomes como John GrimwadeNigel Holmes e Fernando Baptista, Jaime Serra é uma das referências inolvidáveis da infografia.

Ao longo da sua carreira, assistiu e manteve colaborações com publicações como o The Intependent , National Geographic Magazine, Corriere Della Sera, Il Sole 24 Ore, Gazzeta dello Sport, La StampaEditora Abril, Folha de Sao PauloEl Periódico de Catalunya, Grupo Vocento, Tele 5, El Mundo Deportivo, Clarín, La Nación, La Voz del Interior, Olé, El Comercio, La República, Diario de Noticias, Jornal de Noticias , apenas para citar alguns

Mas Jaime Serra é também um artista multidisciplinar, uma máquina criativa autodidata que segue apenas uma regra simples: fazer de tudo. Experimentar, tentar, reinventar, se desafiar a si mesmo. Aprender fazendo. Aprender é a máxima recompensa.

Claro que Arte e Jornalismo são duas coisas bem distintas e é com um enorme  prazer que trazemos esta entrevista com Jaime Serra, na qual ele compartilha a sua visão sobre esses dois mundos aparentemente antagônicos mas extremamente complementares.

 

Visual Loop (VL) – Para começar, a pergunta óbvia: o que é a Infografia, segundo Jaime serra?

Jaime Serra (JS) – De uma maneira geral, é uma forma de comunicação que faz uso das linguagens visual e textual. Ambas as linguagens complementam-se entre si, partes de um todo, e portanto não são plenamente compreendidas em separado. Sem a imagem, o texto não faz sentido, e vice-versa. Esta forma de comunicação é usada, com algumas variações, para diferentes propósitos: ciência, arte, publicidade ou jornalismo.

Não acredito que a infografia possa ser descrita ou definida “segundo” alguém. Não se trata da perspectiva pessoal de um individuo em particular. A maioria dos profissionais de infografia já carrega consigo há bastante tempo determinados critérios que fazem com que a nossa profissão tenha uma definição conceitual clara e consensual.

O fato de ser uma pergunta habitual pode dar a sensação de que a definição de infografia está aberta a ser debatida, a opiniões diferentes. Não entendo dessa maneira. Como uma pergunta habitual, não consigo conceber em outras profissões, por exemplo, “segundo você, o que é a física?”. Poderia ser “para”, em termos da importância pessoa que tem para uma pessoa em particular, mas não “segundo”.

VL – Olhando para os seus 25 anos de carreira, o que mudou, o que evoluiu, na forma como usa a infografia

JS – Eu tenho a sorte de pertencer a uma geração de profissionais que coincidiu com o surgimento em massa da infografia na Imprensa. No final da década de 80, os critérios para a infografia eram vagos, e tivemos de ir definindo quais seriam. Tivemos de dar forma à nossa profissão. Em termos criativos, não podíamos ser mais felizes. Sempre foi entendido que a infografia era uma combinação entre a linguagem visual e escrita, mas, de fato, a forma como se enxerga  essa combinação tem sofrido alterações significativas ao longo dos últimos 25 anos.

Felizmente, tem havido uma tendência contínua: valorizar cada vez mais a precisão das informações, mesmo em detrimento do – sempre subjetivo – apelo gráfico. Assim, a profissão deixou de ser uma forma de ilustração e passou a ser forma de jornalismo.

É claro que já existiam antecedentes históricos, a maioria deles de caráter científico, mas também era possível bons exemplos jornalísticos nas bibliotecas. De qualquer forma, as principais influências vinham da imprensa dos Estados Unidos e em especial do jornal USA Today. Paradoxalmente, os dois grandes nomes dessa altura eram ingleses, embora trabalhando em Nova York: Nigel Holmes permeava na revista Time o seu estilo peculiar e John Grimwade dava lições de síntese com as suas ótimas representações em perspectiva axonométrica na Condé Nast Traveler.

As principais alterações formais, no contexto do uso jornalístico, foram as relacionados à ilustração. No final dos anos 80, grande parte do trabalho parecia consistir de “amenizar” a apresentação de dados estatísticos, geralmente através de desenhos. Com o tempo, tornou-se claro que ilustrações não eram necessárias, não só porque não contribuíam para informação, mas também porque acabavam por distrair o leitor, ou pior ainda, transmitindo mensagens contraditórias. E enquanto isso, os gráficos que narravam um acontecimento eram muito esquemáticos ou faziam uma representação deficiente dos acontecimentos.

Durante os anos 90, as infografias com ilustrações poderosas pareciam fundamentais para explicar determinadas informações e notícias, geralmente reportagens. Mas também se procurava por uma perspectiva na noticia que permitisse a inclusão desse tipo de gráfico. Atualmente, essa busca por uma perspectiva dentro da noticia acabou, graças aos dados. Agora, encontramos notícias nos veículos que necessitam de um gráfico cujo centro seja uma ilustração mas que é abordado a partir de uma perspectiva que coloca a ênfase sobre os dados. A chamada visualização de dados. A tecnologia que nos permite recolher uma infinidade de dados e apresentá-los com precisão é um tema apaixonante, mas em muitos casos veio um abandono de um dos trabalhos fundamentais do jornalista: a edição.

Eu não acho que só porque temos todo os dados, devemos apresentá-los dessa forma ao leitor, o nosso trabalho é selecionar aqueles que consideramos realmente importante para os nossos leitores e oferecer-lhes de uma forma simples. Ou seja, um dos trabalhos principais do jornalismo: a edição.

Voltando à sorte que tive em poder participar, por uma questão geracional, na definição dos critérios que iriam reger a infografia, devo dizer que tive uma segunda oportunidade para fazê-lo: o fato de ser contratado para construir um departamento de infografia para o principal diário um país onde a profissão não existia, pressupunha logo no de inicio algumas dificuldades. Mas eu aprendi a encontrar maneiras de transformar esta aparente desvantagem em uma oportunidade maravilhosa: se não existiam conceitos predefinidos, então eu poderia reinventar os que eu tinha, ou pelo menos questioná-los livremente.

Dessa oportunidade vieram dois conceitos fundamentais: o uso de estilos de ilustração diferentes para potenciar o conteúdo informativo a partir do primeiro contato visual e a viabilidade de ter um estilo próprio, individual, de fazer infografia.

Eu não acho que só porque temos todo os dados, devemos apresentá-los dessa forma ao leitor, o nosso trabalho é selecionar aqueles que consideramos realmente importante para os nossos leitores e oferecer-lhes de uma forma simples. Ou seja, um dos trabalhos principais do jornalismo: a edição.

VL – Falar de referências e influências com um jornalista é algo que normalmente dá para uma longa conversa. Mas se você pudesse eleger três personalidades, jornalistas ou não, que ajudaram a sua evolução como infografista, quem seriam?

JS – Note-se que eu sou completamente autodidata. Meu principal meio de aprendizagem tem sido fazer tudo o que posso. Também não faço uma distinção clara entre as influências diretamente profissionais e aqueles que afetam a nossa personalidade, para poder enxergar e compreender a vida como um todo. Na verdade, eu acho que são estas últimas que impactam o trabalho de forma mais profunda e permanente, já que mudar a tua forma de ver a realidade vai causar o mesmo no teu trabalho. Por isso, o volume de influências é enorme. A tua pergunta exige o exercício de um tamanho reducionismo que não sou capaz de fazer. No entanto, eu posso pensar de três casos, provavelmente não são os mais importantes, mas são no mínimo curiosos:

O meu interesse, durante um certo período, por trabalhos realizados manualmente, com um lado mais plástico, coincidiu com a descoberta de uma escola americana de ilustração, da qual a figura mais destacada é, para mim, Henrik Drescher. A sua influência no traço nervoso e nas colagens permaneceu comigo durante muito tempo.

Quanto à gestão de um departamento, para que funcione como uma equipe e se retire o melhor dele, vou compartilhar contigo algo divertido. A passagem pelo Clarín foi a minha experiência mais profunda e coincidiu com um momento especifico do futebol: O time de sonho do Barcelona, comando por Johan Cruyff. O conceito fundamental de Cruyff, o ‘Futebol Total”, estava de alguma forma presente nas decisões de criação dentro do departamento. A importância das ‘camadas jovens’ – nos jornais, representados pelos estagiários -, precisão no jogo sem abdicar do espetáculo, um estilo claro a ser seguido sempre, decisões de risco e talento individual assentes em um time em que todos podem jogar em qualquer posição…

Mais recentemente, e a um nível mais profundo, uma dupla que desafiou paradigmas na relação visual-texto: Duchamp & Burroughs. Marcel Duchamp foi, aliás, o artista mais influente do século passado – e sua influência continua sendo sentida -, e também o criador mais claro e objetivo (e talvez o único) da utilização da infografia para fins artísticos.

Uma das suas obras mais importantes, “The Bride Stripped Bare by Her Bachelors, Even”, é claramente uma representação infográfica, uma infografia subjetiva. Para a total compreensão da obra, Duchamp deixou uma série de textos curtos em “The Large Glass”. Ambos os elementos, a obra gráfica e texto, são essenciais para a entender. Acho este o melhor infográfico subjetivo de todos os tempos.

Quanto a William S. Burroughs – o oposto de Duchamp enquanto individuo – a sua filosofia sobre os limites e o manipulável na linguagem teve um impacto profundo em mim, e consequentemente, no meu trabalho mais recente.

VL – Ser considerado como “O infografista mais influente dos últimos 20 anos” no Malofiej20 foi o culminar da sua carreira? Ou foi apenas mais um momento importante, como outros?

JS – “Culminar” significa chegar ao topo, a partir de onde só se pode descer. É uma ideia que tem a ver com a passagem do tempo. Dá um certo medo. Prefiro pensar que nunca chegarei a colocar a bandeira no topo, que sempre estarei olhando para cima, vendo as nuvens acariciando um cume que nunca irei alcançar.

Claro que houveram outros momentos importantes, vividos de forma mais intensa por que o jornalismo me atraia mais do que atualmente. Por isso, toda a experiência relacionada com a profissão tinha mais valor. Os trabalhos pelos quais eu acho que me foi atribuído esse prêmio já tinham tido importantes reconhecimentos na altura em que foram publicados. Isso me levou a acessar oportunidades profissionais absolutamente enriquecedoras, a ofertas de trabalho que me levaram a tomar decisões difíceis. Definitivamente, me ajudou a continuar a aprender, que é a melhor recompensa.

Além disso, trata-se apenas de um prêmio. Muito gratificante, é verdade, especialmente considerando que foi um voto de cerca de 3.000 profissionais do mundo inteiro, onde João Grimwade, Nigel Holmes e Fernando Baptista foram finalistas e qualquer um deles teria sido um digno vencedor. Mas é apenas um prêmio, no dia seguinte você acorda e enfrenta os mesmos velhos problemas na redação.

VL – “A infografia não pode ser arte, mas bem, a arte sim pode ser infografia”. Este foi o título do Workshop que você ministrou no INFOLIDE. Pode nos explicar brevemente o que significa este aparente trocadilho, e qual a relação que tem tido na sua coluna semanal no La Vanguardia

JS – É um trocadilho, de fato, um jogo de palavras. E como qualquer jogo de palavras esconde um significado. São duas afirmações aparentemente contraditórias e de uma obviedade total.

Na verdade, está ligado a uma crise com o meu trabalho mais recente, no La Vanguardia. Sempre defendi, e ainda defendo, que infografia jornalística não é arte (pelo menos como eu entendo a arte). Todo profissional que trabalha em um jornal deve sentir, pensar, ser jornalista. Fotógrafos, designers gráficos, todos, a fim de explicar as notícias da forma ais atraente, precisa e simples possível. A estética é um elemento totalmente subjetivo e, portanto, secundário. Nada do que é publicado em um jornal deve ser criado com o fim de ser arte. Agora, é outra questão se o leitor / espectador considerar que determinada peça jornalística seja também arte. Isto ocorreu sobretudo com fotojornalistas. Paredes dos mais importantes museus do mundo têm fotografias de Weegee ou Capa, mas quando eles capturaram as imagens não estavam pensando sobre a composição ou a luz, e sim em capturar a notícia.

Durante o período em que estava criando infografias com uma componente plástica forte, muitos colegas me diziam que eu estava fazendo arte. Eu entendo e agradeço o elogio, mas era um comentário que eu nunca ‘engoli’ direito. Para mim, arte passa por outros aspectos, tem muito mais a ver com a ética do que estética.

A arte contemporânea é uma das atividades mais abertas que existem, pode ser feito um discurso eficiente através dos critérios da infografia mais rigorosa. Há toda uma história de uso de infográficos para fins artísticos, desde as chapas de Rudolph Steiner (embora não seja começado como arte, à semelhança de Cappa ou Weegee), até – novamente -, Duchamp. E hoje em dia a utilização da visualização de dados para fins artísticos está bastante disseminada.

Para mim, a principal diferença entre infografia para fins jornalísticos ou artísticos é que, enquanto na primeira a informação deve tentar ser o mais objetiva possível, a segunda permite uma completa subjetividade,  pode prestar-se a interpretações diferentes, todas elas válidas, e daí o meu conceito de infográficos subjetivos, algo aparentemente contraditório.

As colunas a que te referes na pergunta são artigos de opinião. Ao leitor dizemos claramente que ali não se apresentam acontecimentos, a não ser na perspectiva especifica de um individuo. Subentende-se que em artigos de opinião o autor pode expressar plenamente aspectos pessoais, e é o que estou tentando fazer, mas sem me limitar apenas ao conteúdo.

Isso é arte? Acho que não. Em qualquer caso, o que importa mesmo é se é interessante para um grupo suficiente de leitores. Mas reconheço que eu precisei da corroboração que foi dada por grandes profissionais como Pablo Corral Vega, Roberto Guareschi, Mario Tascon ou Alfredo Tribiño, de que essas colunas eram jornalismo, quiçá um novo jornalismo, para superar meus próprios preconceitos sobre o que é ou não jornalismo, e, portanto, o que deve ou não deve ser publicado no jornal.

Para mim, a principal diferença entre infografia para fins jornalísticos ou artísticos é que, enquanto na primeira a informação deve tentar ser o mais objetiva possível, a segunda permite uma completa subjetividade,  pode prestar-se a interpretações diferentes, todas elas válidas, e daí o meu conceito de infográficos subjetivos, algo aparentemente contraditório.

VL – Olhando para o mercado atualmente, parece evidente que a imprensa mundial está lutando para absorver a nova realidade da maneira como consumimos informação e conteúdo. Mas a Internet não trouxe apenas coisas ruins para o segmento, certo? Na sua opinião, quais as grandes oportunidades que jornais e revistas estão perdendo?

JS – Para começar, acho um erro a imprensa tradicional queira competir com as mídias digitais, já que é uma batalha perdida. A mídia digital é uma desculpa maravilhosa para mudar o tamanho do papel na direção oposta a que estamos fazendo: mais texto, mais análise, mais profundidade, mais rigor, menos imagens e melhor editadas, em suma, melhor jornalismo. Sem tanta necessidade de prontidão, de imediatismo, para isso já os novos canais nos quais consumimos informação. Ambos os meios poderiam coexistir, pelo menos por um bom tempo.

A Tecnologia, as novas mídias, não são um problema, pelo contrário, nunca vivemos uma época melhor do que a atual para investigar e distribuir informação. Devido a isso, estamos em crise, mas toda a crise é uma transição e sempre levam a um lugar melhor. Eu não tenho nenhuma dúvida de que vamos encontrar o destino final adequado.

Por outro lado, não quero imaginar uma sociedade sem que ninguém cumpra o papel quem vem sendo desenvolvido pelos meios de comunicação. O ‘jornalismo cidadão’ não é jornalismo, é informação em bruto.

O grande erro que nós fizemos, o verdadeiro dilema, não é entre digital ou papel, é entre o jornalismo e dinheiro. Quando eu comecei nesta profissão há 25 anos, o objetivo principal era fazer o bom jornalismo, e como resultado disso você podia ganhar dinheiro, mas o contrário não funcionava. Com o objetivo principal de se fazer dinheiro não se consegue fazer bom jornalismo e nunca resulta em negócios suficientemente bons quando comparados à especulação em qualquer outro setor. Hoje, de uma maneira geral, não são os jornalistas que mandam nos meios, são homens de negócios que em muitos casos não sabem nada da profissão. Outra perversão do dilema papel/digital é que um é pago e o outro é gratuito, e assim a verdadeira questão se transforma em pago versus livre e é ridículo pagar por algo que eu possa obter gratuitamente. É preciso oferecer mais qualidade para aquele que paga.

Não quero imaginar uma sociedade sem que ninguém cumpra o papel quem vem sendo desenvolvido pelos meios de comunicação. O ‘jornalismo cidadão’ não é jornalismo, é informação em bruto.

VL – E quanto á questão de se subestimar o leitor? Assumir desde o principio que ele não vai entender narrativas mais complexas e elaboradas, não pode esta também uma razão para a fuga dos leitores?

Trabalho com a ideia de que o ‘leitor’ não existe, esse é um conceito de marketing muito comum nas redações de hoje. Não existe uma entidade como “O leitor”, existem leitores, com sensibilidades, interesses e níveis culturais muito diferentes. O único leitor que conheço mais ou menos sou eu mesmo, e tenho a certeza que existirão outros interessados nas mesmas coisas que me interessam. Creio que a única opção viável é trabalhar pensando em nós mesmos como leitores. Assim, estaríamos nos subestimando a nós mesmos, e eu prefiro pensar que os meus leitores são pessoas inteligentes e sensíveis.

Além disso, sabemos que nem todos os leitores estão interessados em análises econômicas ou políticas e não é por isso que deixamos de publicá-las. Nem todos precisam entender certas propostas relacionadas ao jornalismo visual, não tem de ser algo necessariamente para todos.

VL – Para terminar, que conselhos daria alguém que está pensando em iniciar uma carreira jornalística, em especial na infografia?

JS – Eu acho que é um mau conselho fazer caso de conselhos. Uma pessoa deve se informar e tirar suas próprias conclusões. A necessidade de estar informado é maior do que nunca, há mais canais do que nunca, portanto existe um potencial de negócio maior do que nunca. A coisa mais interessante que me vem à mente para recomendar é dedicar-se a descobrir o novo modelo de negócio.

Quanto aos infográficos, eu ainda acho que o papel é o melhor dos meios de comunicação, não sei se a mídia digital terá um futuro tão saudável o passado recente do papel. O ambiente digital permite uma abundância de imagens, áudio, vídeo; a infografia torna mais dinâmico um suporte estático, mas não me parece que a Internet necessite desse acréscimo de dinamismo. Continuará existindo nos meios que apostem na qualidade, independente do formato, mas, infelizmente, isso não parece mais ter valor e fazer infográficos é caro.

VL – Muito obrigado, Jaime!

JS – Obrigado!

 

Queríamos agradecer novamente ao Jaime Serra pela sua disponibilidade em nos conceder esta entrevista, Você pode acompanhar o seu trabalho no seu blog e seguir as suas atualizações no Twitter (@ja_serra).

No Banner to display

No Banner to display

Escrito por Tiago Veloso

Tiago Veloso is the founder and editor of Visualoop and Visualoop Brasil . He is Portuguese, currently based in Bonito, Brazil.

Siga:

918 respostas para “Conversa com… Jaime Serra”

  1. Deonna Myart disse:

    excellent put up, very informative. I’m wondering why the other specialists of this sector don’t notice this. You must proceed your writing. I am confident, you have a great readers’ base already!

  2. It’s really a great and useful piece of info. I’m glad that you shared this useful info with us. Please keep us up to date like this. Thanks for sharing.

  3. I truly appreciate this post. I have been looking everywhere for this! Thank goodness I found it on Bing. You’ve made my day! Thx again!

  4. I absolutely love your blog and find the majority of your post’s to be exactly what I’m looking for. Does one offer guest writers to write content for you? I wouldn’t mind publishing a post or elaborating on a number of the subjects you write regarding here. Again, awesome web log!

  5. Dead indited written content, appreciate it for selective information.

  6. I’m still learning from you, as I’m making my way to the top as well. I absolutely liked reading everything that is posted on your website.Keep the information coming. I loved it!

  7. visit disse:

    Hello, Neat post. There’s a problem along with your web site in web explorer, could test thisK IE still is the market chief and a big element of other folks will omit your wonderful writing because of this problem.

  8. You can certainly see your expertise in the work you write. The world hopes for even more passionate writers like you who are not afraid to say how they believe. Always go after your heart.

  9. Plumber In DC disse:

    Thank you for the sensible critique. Me and my neighbor were just preparing to do a little research on this. We got a grab a book from our local library but I think I learned more from this post. I am very glad to see such wonderful information being shared freely out there.

  10. Have you ever thought about including a little bit more than just your articles? I mean, what you say is important and everything. But think about if you added some great pictures or videos to give your posts more, “pop”! Your content is excellent but with pics and video clips, this site could undeniably be one of the most beneficial in its field. Amazing blog!

  11. I am not very wonderful with English but I get hold this rattling leisurely to translate.

  12. I have been exploring for a little bit for any high-quality articles or blog posts on this sort of space . Exploring in Yahoo I finally stumbled upon this web site. Studying this info So i am satisfied to exhibit that I have a very just right uncanny feeling I came upon exactly what I needed. I so much indubitably will make certain to do not omit this website and provides it a look on a constant basis.

  13. I like this blog its a master peace ! Glad I detected this on google .

  14. I saw a lot of website but I think this one has got something special in it in it

  15. I am continuously looking online for articles that can assist me. Thank you!

  16. Hey there just wanted to give you a brief heads up and let you know a few of the pictures aren’t loading properly. I’m not sure why but I think its a linking issue. I’ve tried it in two different browsers and both show the same outcome.

  17. Nice post. I learn something more challenging on different blogs everyday. It will always be stimulating to read content from other writers and practice a little something from their store. I’d prefer to use some with the content on my blog whether you don’t mind. Natually I’ll give you a link on your web blog. Thanks for sharing.

  18. Wow, incredible weblog layout! How lengthy have you been blogging for? you make running a blog look easy. The overall glance of your site is fantastic, let alone the content material!

  19. Thank you for any other magnificent post. Where else may just anybody get that kind of info in such an ideal way of writing? I’ve a presentation subsequent week, and I am at the search for such information.

  20. Woah! I’m really enjoying the template/theme of this website. It’s simple, yet effective. A lot of times it’s very hard to get that “perfect balance” between user friendliness and visual appearance. I must say that you’ve done a amazing job with this. In addition, the blog loads super fast for me on Opera. Excellent Blog!

  21. I truly value your piece of work, Great post.

  22. cartierbraceletlove if you please i want to know which tables or views will be instead of PO_VENDORS and PO_VENDOR_SITES_ALL
    endless love armband http://www.clovejs.ru/

  23. cartierbraceletlove Ahora empieza el mercado!! Venga, que vayan cayendo las fichas de dominó.
    replique rolex submariner neuf http://www.movement-watch.cn/replica-submariner-rolex-c134/

  24. cartierbraceletlove It seems like people now love to be insulted if they are gifted afterwards with something.
    cartier bracelet ligne diamants http://www.bestcalove.ru/fr/popular-aaa-replica-cartier-love-bracelet-white-gold-mosaic-four-diamonds-b6035816-p755/

  25. Exceptional post however , I was wanting to know if you could write a litte more on this subject? I’d be very grateful if you could elaborate a little bit further. Kudos!

  26. Perfect piece of work you have done, this site is really cool with fantastic info .

  27. I’ve been exploring for a little bit for any high quality articles or blog posts on this kind of area . Exploring in Yahoo I at last stumbled upon this site. Reading this info So i’m happy to convey that I have a very good uncanny feeling I discovered just what I needed. I most certainly will make sure to don’t forget this site and give it a glance on a constant basis.

  28. Really enjoyed this article, how can I make is so that I get an email sent to me every time you make a fresh post?

  29. You are my inhalation, I possess few blogs and rarely run out from to brand.

  30. one wheel disse:

    This is really interesting, You are a very skilled blogger. I have joined your feed and look forward to seeking more of your excellent post. Also, I’ve shared your site in my social networks!

  31. memu emulator disse:

    You have brought up a very great points, thankyou for the post.

  32. games disse:

    Would you be excited by exchanging hyperlinks?

  33. Thanks , I have recently been looking for info about this topic for ages and yours is the greatest I’ve discovered so far. But, what about the conclusion? Are you sure about the source?

  34. Hey, you used to write excellent, but the last several posts have been kinda boring?K I miss your tremendous writings. Past few posts are just a little out of track! come on!

  35. Wonderful site. A lot of useful information here. I¦m sending it to a few friends ans also sharing in delicious. And naturally, thank you for your effort!

  36. I like this blog very much, Its a really nice place to read and receive information.

  37. Thanks for sharing superb informations. Your site is so cool. I am impressed by the details that you?¦ve on this site. It reveals how nicely you perceive this subject. Bookmarked this website page, will come back for extra articles. You, my friend, ROCK! I found just the info I already searched all over the place and just could not come across. What an ideal web site.

  38. Thanks for another informative blog. The place else may just I am getting that kind of information written in such an ideal means? I have a challenge that I am just now operating on, and I’ve been on the glance out for such information.

  39. After I initially commented I clicked the -Notify me when new comments are added- checkbox and now each time a comment is added I get four emails with the same comment. Is there any method you possibly can remove me from that service? Thanks!

  40. There is noticeably a bundle to know about this. I assume you made certain nice points in features also.

  41. fantastic post, very informative. I wonder why the other specialists of this sector don’t notice this. You should continue your writing. I’m confident, you’ve a great readers’ base already!

  42. Great beat ! I would like to apprentice while you amend your web site, how can i subscribe for a blog site? The account aided me a acceptable deal. I had been tiny bit acquainted of this your broadcast provided bright clear concept

  43. Great goods from you, man. I’ve understand your stuff previous to and you are just extremely fantastic. I really like what you’ve acquired here, certainly like what you are stating and the way in which you say it. You make it entertaining and you still care for to keep it smart. I can not wait to read far more from you. This is actually a tremendous site.

  44. There is noticeably a bundle to know about this. I assume you made certain nice points in features also.

  45. I’m so happy to read this. This is the kind of manual that needs to be given and not the accidental misinformation that’s at the other blogs. Appreciate your sharing this greatest doc.

  46. Excellent read, I just passed this onto a friend who was doing a little research on that. And he just bought me lunch as I found it for him smile Thus let me rephrase that: Thanks for lunch!

  47. Greetings! Very helpful advice on this article! It is the little changes that make the biggest changes. Thanks a lot for sharing!

  48. I was suggested this website by my cousin. I’m now not positive whether or not this put up is written by means of him as no one else realize such designated about my difficulty. You’re amazing! Thanks!

  49. buy beats disse:

    I’m impressed, I need to say. Actually not often do I encounter a weblog that’s both educative and entertaining, and let me inform you, you’ve got hit the nail on the head. Your concept is outstanding; the difficulty is one thing that not enough individuals are talking intelligently about. I’m very blissful that I stumbled across this in my seek for one thing referring to this.

  50. Wow! This can be one particular of the most beneficial blogs We’ve ever arrive across on this subject. Basically Magnificent. I am also a specialist in this topic so I can understand your effort.

  51. of course like your web-site however you need to test the spelling on several of your posts. Several of them are rife with spelling problems and I to find it very bothersome to tell the truth nevertheless I will certainly come back again.

  52. I keep listening to the rumor speak about getting free online grant applications so I have been looking around for the finest site to get one. Could you tell me please, where could i get some?

  53. custom beats disse:

    Thank you for sharing superb informations. Your web-site is so cool. I’m impressed by the details that you?¦ve on this blog. It reveals how nicely you understand this subject. Bookmarked this website page, will come back for more articles. You, my pal, ROCK! I found simply the information I already searched everywhere and just could not come across. What an ideal site.

  54. ukuran ph disse:

    We are a group of volunteers and starting a new scheme in our community. Your site offered us with valuable information to work on. You have done an impressive job and our entire community will be grateful to you.

  55. Maxo Nicara disse:

    Keep it up!. I usually don’t post in Blogs but your blog forced me to, amazing work.. beautiful A rise in An increase in An increase in.

  56. serps disse:

    I loved as much as you’ll receive carried out right here. The sketch is tasteful, your authored material stylish. nonetheless, you command get bought an impatience over that you wish be delivering the following. unwell unquestionably come further formerly again since exactly the same nearly a lot often inside case you shield this hike.

  57. games for pc disse:

    This design is steller! You definitely know how to keep a reader amused. Between your wit and your videos, I was almost moved to start my own blog (well, almost…HaHa!) Fantastic job. I really loved what you had to say, and more than that, how you presented it. Too cool!

  58. It is in reality a great and helpful piece of information. I am glad that you just shared this useful info with us. Please keep us informed like this. Thanks for sharing.

  59. web page disse:

    I am impressed with this site, really I am a big fan .

  60. Very nice post. I just stumbled upon your blog and wished to mention that I have really loved surfing around your weblog posts. In any case I will be subscribing to your rss feed and I’m hoping you write again very soon!

  61. official disse:

    of course like your web site but you have to take a look at the spelling on quite a few of your posts. Several of them are rife with spelling problems and I find it very bothersome to tell the reality then again I will certainly come back again.

  62. jav disse:

    I am continuously looking online for ideas that can aid me. Thx!

  63. jav disse:

    Hi there, You have done a fantastic job. I will definitely digg it and personally suggest to my friends. I am sure they will be benefited from this site.

  64. kawy kolumbii disse:

    Having read this I thought it was very informative. I appreciate you taking the time and effort to put this article together. I once again find myself spending way to much time both reading and commenting. But so what, it was still worth it!

  65. You are my breathing in, I have few web logs and rarely run out from to brand.

  66. Whats up this is kinda of off topic but I was wanting to know if blogs use WYSIWYG editors or if you have to manually code with HTML. I’m starting a blog soon but have no coding skills so I wanted to get advice from someone with experience. Any help would be greatly appreciated!

  67. Excellent goods from you, man. I have understand your stuff previous to and you are just too wonderful. I really like what you’ve acquired here, really like what you are saying and the way in which you say it. You make it entertaining and you still care for to keep it sensible. I can not wait to read much more from you. This is actually a tremendous web site.

  68. Very instructive and fantastic bodily structure of subject material, now that’s user friendly (:.

  69. Hi, Neat post. There’s an issue together with your website in internet explorer, may test this?K IE still is the marketplace leader and a large component of other people will pass over your magnificent writing due to this problem.

  70. The next time I read a blog, I hope that it doesnt disappoint me as much as this one. I mean, I know it was my choice to read, but I actually thought youd have something interesting to say. All I hear is a bunch of whining about something that you could fix if you werent too busy looking for attention.

  71. I do not even know how I ended up here, but I thought this post was good. I don’t know who you are but definitely you are going to a famous blogger if you aren’t already 😉 Cheers!

  72. bettIng disse:

    There is noticeably a bundle to find out about this. I assume you made sure good factors in features also.

  73. smycz dla psa disse:

    Thanks , I have just been searching for information approximately this topic for a while and yours is the best I’ve discovered till now. However, what about the conclusion? Are you sure concerning the source?

  74. I believe this web site has very good pent articles articles.

  75. ebook sklep disse:

    I’ve recently started a blog, the info you provide on this website has helped me greatly. Thank you for all of your time & work.

  76. It is truly a great and helpful piece of info. I am happy that you just shared this useful info with us. Please stay us informed like this. Thanks for sharing.

  77. praca gdansK disse:

    Appreciate it for helping out, superb information.

  78. I genuinely enjoy looking at on this web site, it holds wonderful posts. “Those who complain most are most to be complained of.” by Matthew Henry.

  79. hi!,I like your writing very much! share we communicate more about your article on AOL? I need a specialist on this area to solve my problem. Maybe that’s you! Looking forward to see you.

  80. Great post. I was checking constantly this blog and I am impressed! Very useful info specifically the last part :) I care for such info a lot. I was seeking this particular info for a very long time. Thank you and best of luck.

  81. MMDENT.NET.PL disse:

    Keep up the superb work, I read few content on this internet site and I think that your web site is rattling interesting and contains lots of good info .

  82. Tanie taśmy disse:

    Hi there would you mind letting me know which webhost you’re utilizing? I’ve loaded your blog in 3 different browsers and I must say this blog loads a lot faster then most. Can you recommend a good web hosting provider at a honest price? Thanks a lot, I appreciate it!

  83. Wow! This blog looks exactly like my old one! It’s on a completely different topic but it has pretty much the same layout and design. Excellent choice of colors!

  84. BODYMOVE.PL disse:

    Excellent read, I just passed this onto a friend who was doing some research on that. And he actually bought me lunch since I found it for him smile Thus let me rephrase that: Thank you for lunch!

  85. Good blog! I really love how it is easy on my eyes and the data are well written. I am wondering how I might be notified when a new post has been made. I have subscribed to your RSS which must do the trick! Have a great day!

  86. Hey are using WordPress for your site platform? I’m new to the blog world but I’m trying to get started and set up my own. Do you need any coding expertise to make your own blog? Any help would be greatly appreciated!

  87. Everything is very open and very clear explanation of issues. was truly information. Your website is very useful. Thanks for sharing.

  88. Do you have a spam issue on this blog; I also am a blogger, and I was wanting to know your situation; many of us have created some nice practices and we are looking to exchange methods with others, why not shoot me an e-mail if interested.

  89. It?¦s actually a great and helpful piece of information. I am glad that you just shared this useful information with us. Please stay us up to date like this. Thanks for sharing.

  90. You have brought up a very wonderful points, thankyou for the post.

  91. Very well written article. It will be helpful to everyone who utilizes it, including myself. Keep up the good work – for sure i will check out more posts.

  92. As soon as I noticed this web site I went on reddit to share some of the love with them.

  93. Some really fantastic posts on this internet site, appreciate it for contribution. “I finally know what distinguishes man from other beasts financial worries. – Journals” by Jules Renard.

  94. beton imprime disse:

    I have recently started a website, the information you offer on this web site has helped me tremendously. Thanks for all of your time & work.

  95. I’m not sure why but this site is loading very slow for me. Is anyone else having this problem or is it a issue on my end? I’ll check back later on and see if the problem still exists.